domingo, 6 de dezembro de 2015

Intervenção na Mostra Zumbi Somos Nós




 O Coletivo Fora de Frequência foi convidado a participar e colaborar com a Mostra Zumbi Somos Nós, que ocorre anualmente no mês de Novembro, intervindo com a produção de um mural. Sendo assim, no dia 27 de Novembro, Anderson e André Benelli produziram um mural em diálogo com a proposta da mostra de evocação da resistência de Zumbi, combate ao racismo e valorização do negro.
 Confiram o resultado:





segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Educandos fazem intervenção de Graffiti



 No dia 16 de Novembro aconteceu o último encontro do ciclo das oficinas de Graffiti ministradas pelo Coletivo Fora de Frequência na EMEF Zulmira localizada no Pq. Regina na zona sul da cidade de São Paulo.

Neste último encontro os educandos interviram na quadra da escola utilizando stencil estudado e produzido processualmente durante as oficinas. 
 As imagens foram escolhidas, stencil produzidos, composição e planejamento do projeto de intervenção pelos próprios estudantes sempre sob orientação dos educadores. 

Um pouco do processo e o resultado da intervenção pode ser conferido nas imagens abaixo:













segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Graffiti na EMEF Zulmira no Pq. Regina - Planejamento e projeto



 O terceiro encontro das oficinas de graffiti na EMEF Zulmira no Pq. Regina foi pautado em planejamento e projeto. 
 Os educandos apresentaram os elementos vazados (stencil) produzidos na pausa entre os encontros, como foram recomendados anteriormente pelos educadores, e fizeram pequenos reparos e alterações.
 Durante o restante do encontro educandos e educadores fizeram o planejamento e projeto para a intervenção do mural que aconteceria no encontro seguinte.  






segunda-feira, 26 de outubro de 2015

2º encontro Rua D'Arte - Oficinas de Graffiti na EMEF Zulmira





No 2º encontro na EMEF Zulmira no Pq. Regina as oficinas de graffiti se pautaram exclusivamente numa técnica de ampliação do Stencil.
Stencil já havia sido introduzido no encontro anterior e para ampliação foram usados computador e projetor multimídia. Após orientações dos educadores os educandos partiram para prática, veja um pouco do processo nas fotos abaixo:











sábado, 24 de outubro de 2015

Rua D'Arte - Oficinas de Graffiti na escola EMEF Zulmira



No dia 24 de Outubro, as oficinas de graffiti Rua D'Arte iniciaram na EMEF Zulmira localizada no Pq. Regina. 
Nesse primeiro encontro, de um total de quatro, os educadores apresentaram alguns dos conceitos básicos da arte de rua como intervenção urbana e arte pública. Além disso, os educadores contextualizaram sobre  a história do graffiti no Brasil introduzindo sobre Alex Vallauri, considerado precursor dessa manifestação por aqui, e a técnica do stencil. Isso, numa conversa informal de introdução do curso folheando os livros com obras do Banksy e Alex Vallauri.

Após breve introdução da proposta das oficinas, contextualização histórica e de conceitos básicos os educandos partiram para prática, produzindo pequenos stencil e experimentando o seu funcionamento em  intervenção na parede.




















sábado, 30 de junho de 2012

Rua D'Arte vai ao CICAS




foto: JuninhoSendro
No dia 16/06, os artistas/educadores do Coletivo Fora de Frequência foram ao CICAS para ministrar mais uma das oficinas do projeto Rua D'Arte.
Os educadores iniciaram a oficina procurando instigar reflexões sobre o espaço explicando que o ato de intervir não é só pintar paredes. Mas tecer diálogos e relações entre os espaços urbanos e as pessoas a partir do ato artístico, significando e re-significando a cidade e seus espaços. Logo em seguida, foram apresentados aos educandos o estêncil com a explicação e contextualização de seu uso e funcionamento. Depois disso, partimos para a prática com os educandos intervindo e recebendo orientações técnicas sobre o uso do spray, quando  usar mais ou menos pressão, os tipos de caps (pinos) e suas funções.




sábado, 23 de junho de 2012

Mural Coletivo



Depois de diversos processos criativos de experimentação, após 5 meses de oficinas, os(as) educandos(as) aplicaram os conhecimentos adquiridos na prática em produção de mural nas proximidades do Espaço Cultural Santa Josefina, uma das sedes do Bloco do Beco.
Logo após, a saída cultural ao Beco do Batman, aproveitando a inspiração e empolgação dos(as) educandos(as) motivadas pela vivencia que tiveram diante de tantas intervenções de qualidade, iniciamos a produção do mural. 
Os(As) educandos(as) experimentaram todo o processo criativo desde a concepção à intervenção e finalização do mural.

Veja mais aqui




quarta-feira, 20 de junho de 2012

Crianças e Adolescentes do Jd. Ibirapuera visitam o Beco do Batman




Depois da enriquecedora experiência de promover, a crianças e adolescentes da região do Jd. Ângela,  visitas a espaços urbanos que receberam e/ou recebem intervenções artísticas. A proposta é retomada em 2012. E no mês de Abril, crianças e adolescentes do Jd. Ibirapuera zona sul de São Paulo foram ao Beco do Batman na Vila Madalena, um dos pontos referenciais do graffiti brasileiro em São Paulo. Em saída cultural promovida pela parceria entre a Associação Bloco do Beco e o Coletivo Fora de Frequência.
A proposta de saídas culturais para apreciação, contextualização e reflexão a partir do contato direto com a cidade e a arte de rua, nasce como parte das oficinas culturais do projeto Rua D'Arte idealizado pelo Coletivo Fora de Frequência. 
De volta ao Beco do Batman, diante de um acervo tão rico e diversificado com vários artistas, vertentes e estilos da arte de rua os(as) educadores(as) procuram instigar o olhar através de problematizações diante de cada mural. O que possibilita aos(as) educandos(as) identificarem similaridades e diferenças entre artistas, suas propostas estéticas e vertentes. Impressionados com tudo que viram, depois de pouco tempo os(as) educandos(as) já conseguiam identificar o estilo estético de cada artista.
Após uma pequena parada para o lanche o grupo deixou o Beco do Batman em direção ao Beco do Aprendiz aproveitando a proximidade entre um e outro para enriquecer ainda mais o passeio.
Ao final do passeio, após tanta caminhada os(as) educandos(as) se demonstravam cansados, mas satisfeitos com a vivência.











quinta-feira, 31 de maio de 2012

Resumo das Oficinas de Maio





Neste mês foram exibidos curtas documentários da série Sampa Graffiti com entrevistas e intervenções de diversos artistas de rua. Possibilitando a apreciação e análise de diferentes propostas conceituais e, seus respectivos, processos criativos. Esses vídeos foram exibidos com o intuito de ampliar os horizontes e repertório dos(as) educandos(as), ao que se refere, as variedades de técnicas, inclusive as inventivas,  e possibilidades do Graffiti.
Os murais produzidos no mês de Abril receberam os últimos retoques e foram finalizados. E outro iniciado com cores e fundo preparados pelos(as) educandos(as).
Além disso, recebemos a visita de dois escritores de rua, Grego e Her, durante as oficinas. O que propiciou aos educandos(as) o contato direto e troca com outros artistas, além do educador, enriquecendo o processo de ensino/aprendizagem. Durante a visita, Grego e Her se demonstraram estarem a vontade com o ambiente e os(as) educandos(as) e acabaram ministrando uma das oficinas. Onde deram orientações e dicas técnicas a partir de exercícios práticos de elementos da linguagem visual.



sexta-feira, 30 de março de 2012

Graffiti no Bloco do Beco





Esta oficina foi ministrada no Bloco do Beco na sede do Jd. Erundina. Neste dia os(as) educandos(as) experimentaram diversas técnicas passando pelo estêncil, spray a mão livre e o pincel atômico.



Para ver + sobre as oficinas ministradas no ano de 2012 clique aqui.