Coletivo Fora de Frequência




Coletivo Fora de Frequência surge, no ano de 2006, como uma banda de Hip Hop. Ao longo do tempo, os membros do coletivo, percebendo o potencial do mesmo, resolvem ir além das produções musicais e Audiovisuais e começam utilizar os elementos da cultura Hip Hop como ferramenta de educação popular. E assim, passam a desenvolver e executar projetos de oficinas culturais em comunidades, pontos de cultura e organizações da sociedade civil.
O Fora de Frequência é formado por musicos, artistas, educadores(as) populares, DJ, MC's, produtores culturais, musicais, Audiovisuais, fotógrafos e gestoras, todos(as) residentes no distrito do Jd. Ângela na zona sul de São Paulo.  O Coletivo integra a Rede de Educação Cidadã (RECID), uma articulação nacional entre diversos atores sociais, entidades e movimentos populares. Dos quais, muitos se alicerçam nos princípios da Educação Popular Freireana replicando o conhecimento adquirido em atividades de formação que organizam nas periferias.
O Coletivo atua em regiões onde existe pouco, ou nenhum, interesse do poder público em investir na cultura, propiciando eventos e formação cultural de qualidade a pessoas que dificilmente teriam acesso a isso. Ao mesmo tempo, procura fomentar e fortalecer a cultura, seus produtores e economia local.
Através de seus projetos o Coletivo procura instigar a formação de novos agentes sociais,  artistas e produtores culturais. Além de apoiar os já existentes no desenvolvimento e produção de seus projetos culturais, artísticos e/ou sociais.

Saiba mais aqui.